Advertisement
  1. Business
  2. Branding

Como Fazer Sua Marca de Freelancer Crescer Sem Perder Sua Sanidade

by
Difficulty:IntermediateLength:LongLanguages:
This post is part of a series called Small Business Branding.
How to Create a Profitable Brand for Your Freelancing Business
7 Steps to Building a Head-Turning Personal Brand

Portuguese (Português) translation by Renan Fluture (you can also view the original English article)

Ah, branding.  Costumava ser tão fácil. Tudo que você tinha que fazer era pressionar um ferro quente na traseira de sua vaca e, voila, havia criado uma marca! (Sim, essas são as verdadeiras origens da palavra “brand”, o termo em inglês para "marca").

E o gerenciamento de marca? Era tão fácil como pastorear suas vacas no celeiro no fim do dia. Pronto. Marca gerenciada.

Hoje, fazer o branding de seu negócio freelancer tornou-se um pouco mais complexo do que isso. E gerenciamento de marca pode parecer mais como pastorear gatos temperamentais que vacas tranquilas.

Problemas afetando o crescimento e gerenciamento de sua marca freelancer hoje vão do estado geral do mercado às especificidades de suas ofertas em particular, do desenvolvimento de suas habilidades à percepção do papel de sua marca pela audiência. Tente gerenciar todos esses diferentes componentes ao acaso, sem um plano maior para te guiar, e logo você se verá correndo atrás dos gatos mencionados anteriormente sem pegar nenhum deles.

Mesmo assim, um gerenciamento de marca bem sucedido é crucial para qualquer freelancer que deseja escapar do ciclo de trabalho 8 ou 80 e ver um alto lucro de clientes felizes. Então, o que deve fazer um freelancer sem um time de gerentes de marcas especialistas?

Pegue uma arma e comece a atirar nos gatos, claro… que não!

Mas eu quero que você mire. Uma mira de uma boa marca com a arma de uma grande marca.

A Mira da Marca

O primeiro passo para completar qualquer coisa é mirar nela. E o próximo passo é elaborar um plano para lhe ajudar a ir atrás disso.

Se quer gerenciar sua marca e fazer seu negócio de freelancing crescer, você não pode fazer isso de olhos fechados e pedindo desejos às estrelas. Você precisa estabelecer algumas metas, olhar para elas diretamente nos olhos e mirar nelas com precisão e maestria.

Wolff Olins, um gerente de marca parceiro de grandes companhias multinacionais, usa um método de quadrantes para gerenciar o desenvolvimento de seus clientes. Apesar de sua marca não ser tão grande quanto os jogadores no portfólio de Wolff Olins, os mesmos princípios de gerenciamento que servem para os grandes nomes servem para você também. Pegando emprestado uma página de seu livro de estratégias, hoje olharemos para um método ajustado de gerenciamento de marca que se encaixa especificamente as suas necessidades.

1º Passo: Determine Seu Objetivo

Sacando sua Arma (grande marca), quero que você aponte na direção do seu próximo objetivo. Isto é um código, falando nisso, para baixar seu livro gratuito Brand Aim Workbook e completar o primeiro exercício, mostrado na imagem abaixo.

Branding Goal
Determine o objeto da nova direção da marca ou de seu novo projeto.

Há uma direção nova em que você queira levar sua marca ou um objetivo que você queira completar mas não sabe como? Por exemplo, se você é um fotógrafo que tem fotografado um pouco de tudo, você agora pode querer focar sua marca em apenas um tipo de fotografia, como casamentos, recém-nascidos ou retratos artísticos. O problema? Você não sabe como mudar o foco de sua marca de algo generalista para algo especialista, sem encarar uma grande lacuna em suas vendas.

Há algum serviço novo ou produto que você gostaria de adicionar a sua marca mas não sabe como fazer? Por exemplo: se você é um designer gráfico que tem desenhado logos e outros materiais impressos, você pode agora querer expandir seus serviços para incluir web design, visando acomodar as necessidades crescentes de seus clientes. O problema? Você não sabe como adicionar esses serviços a sua marca, nem como apresentar algo novo sem sacrificar seu status de especialista e parecer que está tentando apenas fazer um pouco de tudo.

Seja lá qual objetivo você tenha para sua marca, escreva-o. Não se preocupe ainda em como você chegará lá.  Falaremos sobre isso em um segundo. Por enquanto, simplesmente escreva seu objetivo o mais claro e específico possível.

2º Passo: Compreenda Sua Mira

Com o objetivo traçado, é hora de aprender a como manejar a mira da sua grande marca e apontar para o seu objetivo. Vamos dar uma olhada nos componentes que a compõem.

As linhas que passam pelo meio de seu objetivo constituem o esqueleto de sua mira.

Brand Crosshairs Take Aim
Mire dentro das linhas que cruzam a marca.

A linha horizontal se estende de “duro” na esquerda a “suave" na direita.  “Duro" são os componentes da sua marca que são tangíveis ou mensuráveis.  “Suave” são os componentes que são usualmente intangíveis e não mensuráveis.

A linha vertical se estende de “externo”, no topo do espectro, a “interno”, na base.  “Externo" são os componentes de sua marca que são visíveis ao mundo exterior.  “Interno" são os aspectos de sua marca que não são visíveis ao mundo porque acontecem por trás dos panos e internamente em sua marca.

Cada uma das quatro áreas criadas pelo fatiamento de seu objetivo com estas linhas representa um diferente componente de sua marca.

Calibrando os Componentes de Sua Marca

Ao quebrar sua meta nos quatro componentes mostrados acima, você pode facilmente focar e analisar cada um separadamente. Desta forma, você pode identificar as áreas específicas que precisam ser trabalhadas sem se preocupar com as outras. E então, gerenciamento de marca parecerá uma tarefa muito mais simples e muito menos estressante de se completar.

Quando você coloca cada componente da Mira de sua Marca em alinhamento com seus objetivos específicos, você poderá atingi-los em cheio sem precisar se desviar de alguma bala perdida de sua própria arma.

1. Habilidades

Suas habilidades estão na intersecção entre os aspectos duros e internos de sua marca. Habilidades são internas porque são algo que cada pessoa possui, e duras porque são visíveis ao mundo e mensuráveis.

O aspecto mais importante de calibrar a seção Habilidades da Mira de sua Marca é exercitar autoconsciência. Você precisa olhar bem e de forma honesta para si mesmo e suas habilidades em busca de algo em particular que precise melhorar ou adquirir para chegar no próximo objetivo de sua marca.

Na seção Habilidades de seu livro de tarefas, responda as perguntas e veja em que posição está.

Você já possui todas as habilidades necessárias para alcançar seu objetivo? Ótimo! Você já pode ir para o próximo componente da marca.

Descobriu que precisa de mais habilidades? Não se preocupe! O lado positivo é que você pode aprendê-las. O lado ainda mais positivo é que você já está no Tuts+, onde pode aprender ou aprimorar praticamente qualquer habilidade que precise para fazer seu negócio freelancing crescer.

2. Ofertas

Suas ofertas ganham forma onde os aspectos duros e externos de sua marca se encontram. Elas são um aspecto duro porque são os produtos tangíveis ou serviços que seus clientes podem experimentar.  E são externos precisamente porque eles precisam de clientes para funcionar.  Suas ofertas são essencialmente a manifestação externa de suas habilidades internas.

Dê uma olhada nas questões na seção Ofertas de seu Questionário Brand Aim para identificar quaisquer problemas que possa estar encarando com este componente de sua marca.

Se você descobrir que suas ofertas são boas como são, então você não precisa se preocupar em replanejar a lista de serviços inteira.  Mesmo se você necessitar aprimorar suas habilidades um pouco (componente 1), isto não quer dizer que precisa repensar suas ofertas desde o início.  Você pode simplesmente avançar para o próximo componente.

Se, porém, você descobrir que suas ofertas atuais não estão te movendo em direção a seu objetivo, então pode precisar reconsiderar esta seção.

Digamos que você é um web designer que tem recebido muitos pedidos de leitores sobre como modificar ou mesmo criar seus próprios sites.  Eles não tem o treinamento especializado que você possui.  Apesar de querer ajudá-los, você não pode continuar respondendo estas perguntas técnicas profundas sem negligenciar o trabalho que faz para seus clientes pagos.  Como você pode incluir ofertas em sua marca que sirva a esta audiência nova e crescente, sem rebaixar os preços de seus serviços de web design estabelecidos?

A resposta pode apontar para que você empacote seu conhecimento em um formato de curso para colocar à venda, voltado para os entusiastas de web design. Isto os permite aprender técnicas de Faça Você Mesmo em seu próprio ritmo. Se sua marca é focada em oferecer atenção pessoal, no entanto, você pode escolher uma direção diferente. Você pode, por exemplo, fazer uma oficina mais exclusiva com sessões de vídeo ao vivo para aqueles que já sabem o básico de web design.

A questão aqui não é apenas sobre adicionar as ofertas que você acha que sua audiência quer ver, mas também adicionar estas ofertas em uma forma que pareça genuína para sua marca. Considere, como você pode manter suas novas ofertas dentro da marca?

3. Papel

Nenhum freelancer é uma ilha. Todos estamos conectados a outros freelancers em nossa indústria a partir de linhas invisíveis de comunicação e rastros de clientes. Mas cada freelancer preenche um papel diferente dentro da indústria. Um é especialista de longa data, o outro é novato com ideias frescas, aquele é o mentor teórico, enquanto mais outro é o guru das soluções práticas.

Seu papel na indústria cai dentro dos aspectos externos de sua marca porque indica o jeito que os outros (tanto clientes como colegas) lhe percebem. E cai dentro dos aspectos suaves porque ninguém pode medir o “grau” de seu papel. Cada papel na indústria é tão único e distinto quanto cada estrela no céu noturno.

Responda as questões na seção Função de seu Livro de Tarefas Brand Aim para desvendar o papel que você tem na indústria.

Seu papel é único e claramente definido tanto para você quanto para sua audiência? Em outras palavras, clientes em potencial imediatamente sabem o que é que te faz diferente de cada outro freelancer em sua indústria? Se sabem, então seu novo objetivo será provavelmente seguir a trilha desse papel sem muito ajuste necessário.

Mas se o seu papel não é imediatamente tão óbvio para os outros então será preciso trabalhar em defini-lo um pouco melhor.

A função que você exerce na sua indústria pode te ajudar no caminho para seu novo objetivo, ou precisa trabalhar em mudar a forma que as pessoas percebem você? Por exemplo, se você começou como o “novato disruptivo” da indústria mas agora está pronto para tornar-se o “profissional estabelecido”, você precisará forjar o novo papel cuidadosamente e propositalmente. Você pode fazer isso ao reorganizar a apresentação de sua experiência e suas conquistas para que reflitam sua nova função.

4. Personalidade

A personalidade de sua marca determina que tipo de cliente você atrai pela forma que você interage com eles.  Ela pertence aos aspectos suaves porque personalidade não é mensurável em graus, e aos internos porque é algo que se origina de você, não do mundo exterior. Como mencionado no meu último tutorial Tuts+, a personalidade de sua marca não tem que ser idêntica a sua personalidade real, mas precisa ser verdadeira na forma em que você gosta de trabalhar e interagir com os clientes.  De outro modo, você não será capaz de mantê-la consistentemente em sua marca.

A personalidade de sua marca pode ser bem humorada, séria, profissional, casual, motivacional, apoiadora ou mesmo oferecer um pouco de amor. Não há uma personalidade certa para ter além da que melhor expresse o seu trabalho.

Pense sobre a personalidade de sua marca e como você a projeta através de sua história e material. As pessoas percebem-na ou você precisa amplifica-la pela forma que você faz negócios? A personalidade que você está projetando atualmente é a correta para te guiar até seu objetivo, ou precisa de algum afinamento?

Por exemplo, você pode ter uma marca agradável ou engraçada ou peculiar, mas deparar-se como um tanto séria e sóbria, porque, quando iniciou, você se preocupava em parecer “profissional”. Como resultado, você pode estar atraindo o tipo errado de clientes que não entendem seu humor ou natureza leve, o que dificulta a colaboração com eles.

Como você pode injetar mais de sua verdadeira personalidade na forma de se expressar da sua marca, para que os aspectos internos e externos coincidam? Talvez você precise refazer seu site ou começar a escrever emails e mensagens mais agradáveis. Quando você afinar sua personalidade para combinar com seu objetivo, ir em direção a ele parecerá mais fácil.

Alcançando Suas Metas e Gerenciando Sua Marca

Após ter voltado seu alvo para os quatro componentes de sua marca, você saberá como guiá-la em direção a qualquer objetivo que desejar alcançar - sem ser arranhado ou mordido por qualquer gato indisciplinado e temperamental que ameace sua sanidade quando deixados para vagar por livre vontade.

Qual é o próximo objetivo que você tem para sua marca? E quais áreas de sua marca você precisa calibrar para atingir esse objetivo?  Compartilhe com a gente nos comentários!

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.