Unlimited Powerpoint templates, graphics, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Business
  2. Freelance
Business

Como definir metas eficazes para o seu negócio autônomo

by
Difficulty:BeginnerLength:LongLanguages:

Portuguese (Português) translation by Andressa Gonzalez (you can also view the original English article)

Se você já trabalhou para uma empresa grande ou pequena, provavelmente já viu que o estabelecimento de metas é algo que elas levam muito a sério. Muitas empresas dedicam grande quantidade de tempo à definição de metas e objetivos anuais — não apenas global, mas para cada divisão dentro delas e para cada funcionário dentro de cada divisão — e, em seguida, à medição do progresso dessas metas no final do ano.

Embora, pela minha experiência, a maioria dos trabalhadores autônomos não tendam a dedicar tanta energia para definir metas e objetivos. Pensamos no que fazemos como um negócio, mas frequentemente não temos qualquer plano além de "obter mais clientes".

Então este tutorial destina-se a mostrar-lhe porque é necessário definir metas claras e eficazes para o seu negócio autônomo e a como proceder para fazê-lo. Começarei examinando os benefícios de se definir metas claras e, em seguida, abrangerei os passos práticos para decidir sobre suas prioridades, estabelecer metas bem definidas e acompanhar seu progresso.

As empresas entendem que metas claras são um componente essencial para o alcance de maiores sucesso, crescimento e lucro. No final deste tutorial, você também entenderá isso e terá uma clara ideia de como prosseguir com metas que irão ajudá-lo a levar seu negócio ao próximo nível.

1. Por que um trabalhador autônomo precisa de metas claras

Embora eu tenha usado o exemplo do estabelecimento de metas para empresas, sua situação como trabalhador autônomo não é totalmente comparável. Uma grande empresa pode ter milhares de funcionários espalhados pelo mundo inteiro e ela precisa definir metas claras como uma maneira de fazer com que todos estejam indo na direção certa.

Como trabalhador autônomo, é só você, que já sabe o que precisa ser feito. Então você não precisa de metas, certo?

Errado.

É fácil pensar assim porque você é um comércio de uma única pessoa e não precisa passar por um processo formal de definição de objetivos. Mas, na verdade, você precisa deles tanto quanto o Citigroup ou a GE. Aqui está o porquê.

Metas ajudam no crescimento

Como trabalhador autônomo, pode ser muito difícil crescer além de um certo ponto. Há muitas horas em uma semana e, uma vez que você esteja totalmente reservado para o trabalho, é fácil cair no hábito de apenas seguir trabalhando, atender aos prazos e aceitar que você alcançou um "teto" em termos de ganhos. Em outras palavras, você está trabalhando duro só para ficar parado.

Para algumas pessoas, isso pode ser bom. Se você ama o que faz e está feliz com a quantidade de dinheiro que está ganhando, então pode continuar como está.

Mas o processo de estabelecimento de metas pode revelar outros desejos, como impulsionar suas economias ou passar mais tempo com sua família. Se esse for o caso, então o status quo não irá eliminá-lo. Você terá que atingir o crescimento.

Há muitas maneiras de atingir esse objetivo, tais como:

  • criar livros digitais, vídeos ou aulas para vender em seu website, dando-lhe um rendimento que não esteja atrelado às horas que você despenda.
  • aumentar seus valores
  • mudar para um modelo de agência no qual você transfira algum trabalho para os outros em vez de fazer tudo sozinho
  • oferecer novos serviços e com maior valor

Claro que existem muitas outras possibilidades, dependendo do negócio em que você está. A questão é que, para crescer, você precisa pensar estrategicamente e mudar a maneira em que está trabalhando. Isso é algo no qual você provavelmente nunca pensará, a menos que tenha tirado tempo para definir metas e prioridades.

A definição de metas força o recuo

Como trabalhador autônomo, você define sua própria agenda. Não tem um chefe dizendo o que fazer todos os dias — em vez disso, decide por si mesmo.

Pelo menos, essa é a visão idealizada da vida autônoma. Na realidade, a maneira com a qual você passa o seu dia é, ainda, largamente determinada por outras pessoas — é só isso, em vez do chefe, são seus clientes. Você tem que cumprir aquele prazo urgente para um cliente, responder os e-mails de um outro e solicitar instruções mais claras daquela agência que parece nunca saber o que quer.

Seu dia está cheio e você está ocupado trabalhando... mas está fazendo as coisas certas?

Há duas medidas de importância, afinal de contas: urgência e impacto. O perigo para os trabalhadores autônomos é que acabam sempre resolvendo as coisas mais urgentes, negligenciando as que teriam um impacto maior em seu negócio, mas não têm um prazo fixado.

É por isso que muitos web designers nunca conseguem atualizar seus sites e fotógrafos, frequentemente, contentam-se com uma foto com a qual nunca estiveram satisfeitos. Eles sabem que essas coisas são importantes, mas estão muito ocupados com todas as atividades que são mais urgentes.

A definição de metas obriga-o a recuar e decidir sobre o que é realmente importante para o seu negócio, para que você possa ter certeza de que está fazendo as coisas certas, não só as mais urgentes.

Metas mantém-no responsável

Estabelecer metas é uma coisa, mas segui-las é ainda mais importante. Se levar o processo a sério, você terá um lembrete diário constante sobre em que deve estar trabalhando e em como isso se encaixa no panorama geral.

Adiante, falarei mais sobre prestação de contas e sobre como se manter no percurso, mas, por agora, só entenda que ela é um poderoso benefício do estabelecimento de metas, ajudando-o a motivar-se para alcançar mais do que já alcançou.

2. Decidindo sobre suas prioridades

Então, como definir metas eficazes?

Isso começa com a decisão sobre suas prioridades. Prioridades não são como metas: enquanto as metas são específicas, direcionadas, as prioridades são os desejos mais amplos aos quais você aspira.

O que é realmente importante para você na vida? Que tipo de vida e carreira gostaria de ter? Quais são as coisas mais importantes que deseja alcançar? Esses são os tipos de grandes perguntas que você precisa responder antes de começar a estabelecer metas.

Há muitas formas de se fazer isso, mas minha favorita é imaginar a mim mesmo em vários pontos no futuro:

  • daqui a uma ano
  • daqui a cinco anos
  • daqui a dez anos
  • no fim da minha vida

Quando digo "imaginar a mim mesmo", eu realmente quero dizer isso. Na verdade, descreverei um dia típico em minha desejada vida futura: a casa em que estou morando, quem está comigo, como a cena se parece. Acho que isso me ajuda a ficar bem explícito. Se estiver visualmente inclinado, talvez você goste de desenhar a cena ou pintá-la ou criar uma fotomontagem usando imagens que pegar da internet.

Tente abranger não somente o trabalho, mas também todos os aspectos de sua vida. O foco de seu trabalho é sustentar sua vida, afinal de contas, e a ideia é decidir sobre o que é realmente importante para você. Então considere, não apenas, as conquistas de trabalho, mas também coisas como metas de relacionamento e de estilo de vida. Pode ser útil apresentar as informações em um gráfico de aranha ou "roda da vida", como segue, classificando sua satisfação em cada área e apontando para uma roda equilibrada e completa.

Life wheel showing balance in each area of life
Gráfico cortesia de Paul Laherty

3. Criando metas claras

Agora que estamos esclarecidos sobre o panorama geral, seremos mais específicos. Olhe para as prioridades que definiu e comece a desmembrar o que você precisa fazer para levar seu negócio ao estado desejado.

Comece com metas de longo prazo: o que você quer alcançar em seu negócio nos próximos cinco anos? As metas devem ser inspiradas por sua visão de vida como um todo, mas devem ser específicas para seu negócio autônomo. Quais novos serviços você quer começar a oferecer? Quer elevar seus valores a um determinado nível, ou reduzir suas horas a um certo ponto?

Tenha em mente o bem conhecido acrônimo SMART, garantindo que suas metas sejam:

  • específicas
  • mensuráveis
  • atingíveis
  • realistas
  • calendarizadas

Não gastarei muito tempo nisso, pois ele é bastante conhecido. Mas, como um exemplo rápido, "ganhar mais dinheiro" não é uma meta SMART. No entanto, "aumentar o rendimento após os impostos em 25% até dezembro de 2016" engloba todas as metas.

Quando tiver realizado suas metas de longo prazo, comece a trabalhar no sentido inverso, chegando até o dia atual. O que você precisa alcançar no próximo ano para prepará-lo para cumprir suas metas de cinco anos? Então desmembre suas metas de um ano mensalmente, para que você saiba exatamente o que tem que fazer a cada mês para alcançar suas metas de final de ano.

Depois desmembre suas metas mensais para semanais e as semanais para diárias. Dessa forma, você pode ter certeza de que o que está fazendo hoje está alimentando suas metas de longo prazo e deixando-o mais próximo da vida que deseja.

Naturalmente seus objetivos diários também incluirão as coisas "urgentes" — os prazos, os e-mails, as faturas e outras atividades que precisam ser feitas. Mas tente certificar-se de que cada dia inclua, também, algum tempo para as metas que são movidas por seu processo de planejamento de longo prazo.

Outro ponto-chave sobre metas é que quanto mais você se aproxima do dia atual, mais elas devem incluir apenas os resultados que você pode controlar pessoalmente. Para metas de longo prazo, pode-se incluir algumas coisas que você deseja alcançar, mesmo se não estiver inteiramente certo de como fazê-lo. Mas para metas de curto prazo, como mensais ou semanais, devem apenas ser coisas que você pode controlar.

A meta de "aumento de rendimento" que mencionei anteriormente é boa a longo prazo, por exemplo. Mas, para uma meta mensal, é melhor ir em frente com algo como "Alcançar cinco novos clientes, citando valores mais elevados do que atualmente estou cobrando". Isso contribuirá para o aumento de sua renda e estará inteiramente sob seu controle. Compete aos próprios clientes decidir se você realmente vai conseguir o negócio, então não torne suas metas de curto prazo dependentes de ações e decisões dos outros.

E, finalmente, suas metas devem empolgá-lo. Muito frequentemente, nossos dias são conduzidos por listas de tarefas que são mais sobre obrigação do que desejo. Ao decidir sobre suas mais profundas prioridades de vida, definir metas de longo prazo e atrelar suas metas de curto prazo a elas, você garante que, mesmo se o que estiver fazendo agora não seja empolgante, já está ligado a algo maior, uma visão do tipo de vida que você deseja. Isso ajuda a gerar algum entusiasmo, um ingrediente-chave para se fazer as coisas.

4. Mantendo o controle

Esta seção será bastante curta, pois há tantas maneiras diferentes de manter o controle de suas metas, e realmente não importa qual use. A única coisa importante é que você o faça e faça regularmente.

Por exemplo, eu mantenho o controle de minhas metas em um caderno simples e fora de moda. Gosto do ritual de escrevê-lo e de passar um tempo com o computador desligado, com minha mente focada no que estou tentando alcançar. Separo um tempo todo domingo (ou segunda de manhã, se eu não puder não ser incomodado no domingo) para examinar minhas metas da semana passada, verificar meu progresso, ler sobre minhas metas de longo prazo e definir objetivos para a semana seguinte. Então digito minhas tarefas diárias no aplicativo Momentum, no Chrome, para vê-las toda vez que eu abrir uma nova aba.

Mas, se preferir, existem inúmeros aplicativos, programas e modelos que você pode usar, como o GoalsOnTrack, o Coach.me, o Lifetick, ou listas de tarefas simples e aplicativos de gerenciamento de tarefas.

O importante é que você escolha um método, configure um agendamento regular e comprometa-se a atualizar seus objetivos regularmente. Lembre-se, particularmente, do "R" em "SMART", para garantir que você não se sobrecarregue e que seja compassivo consigo mesmo se perder uma meta, o que sempre acontecerá. A vida é imprevisível, então seus objetivos devem ser adaptáveis. A questão é mover-se na direção certa e não se culpar se falhar.

Se estiver realmente lutando para permanecer no caminho, você pode encontrar um parceiro de prestação de contas, alguém para quem você ligue ou envie um e-mail regularmente para comprometer-se com suas metas e reportar sobre seu progresso.

Ou estabeleça recompensas para si mesmo, talvez prometendo que, se você cumprir seu objetivo, irá recompensar-se com algo de que gosta — como uma refeição fora, uma garrafa de vinho, ou apenas um dia de folga. Qualquer coisa que você possa conceder-se e que motive-o a fazer o trabalho. Suborno funciona.

Próximos passos

Você deve ter notado que não é janeiro. A maioria dos artigos de estabelecimento de metas e de planejamento são escritos em janeiro para coincidir com as breves explosões de esperança das pessoas na vigília de resoluções de ano novo. E a maioria desses grandes planos e metas são esquecidos até o dia dos namorados.

Estou escrevendo isso em junho porque quero que pense no estabelecimento de metas de uma forma diferente. Quero que você se desligue da enxurrada de dietas e de adesões de ginástica de ano novo e pense nisso como uma atividade de negócio, algo que precisa fazer para a saúde de seu negócio autônomo. E pense nisso como uma atividade de longo prazo, algo que continuará fazendo, semana após semana, mês após mês, ano após ano.

Se fizer isso direito, o estabelecimento e o monitoramento de suas metas não ocuparão muito de seu tempo — na verdade, eles irão liberá-lo. Isso irá mantê-lo focado em coisas verdadeiramente importantes em sua vida e em seu negócio, garantindo que você gaste tempo com tarefas que promoverão seu negócio e ajudarão a alcançar o sucesso no que realmente importa para você. Então, comece hoje.

Recursos

Crédito gráfico: ícone de alcançar desenhado por Juan Garces do Noun Project.

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.