Unlimited Powerpoint templates, graphics, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Business
  2. Entrepreneurship
Business

10 Oportunidades para Começar um Negócio para Pessoas com Deficiência

by
Difficulty:BeginnerLength:LongLanguages:

Portuguese (Português) translation by Ítalo Carvalho (you can also view the original English article)

Hoje é o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, um dia para celebrar as conquistas e contribuições das pessoas com deficiência.

O tema para 2018 é:

"Empoderando pessoas com deficiência e assegurando a inclusão e a igualdade"

O que poderia ser mais empoderador do que começar seu próprio negócio? É a chance de seguir um sonho antigo, ser seu próprio chefe, atingir sucesso financeiro e muito mais.

No tutorial de hoje, nós vamos explorar algumas ideias de como começar um negócio para pessoas com deficiência. Vamos incluir alguns exemplos de sucesso de empreendedores deficientes e discutir o que você pode aprender com eles.

É claro que existem diferentes tipos de deficiências, então sua situação pode variar, mas temos diversas ideias de como iniciar seu próprio negócio. Então, se você está pronto, vamos começar!

1. Não se limite

Vamos começar reconhecendo que pessoas com deficiência podem começar e gerenciar uma grande variedade de negócios. Como o empreendedor Kirk Keating falou à American Express:

"Comece sua procura por uma oportunidade como qualquer outra pessoa faria; não caia na besteira de pensar em tudo relacionado a sua deficiência. Faça o que se encaixa com seu estilo e com suas habilidades."

De fato, um relatório do Departamento de Trabalho dos Estados Unidos dá exemplos de donos de pequenos negócios com deficiência que vêm crescendo em diferentes áreas, desde terapia ocupacional à criação de cães, de reparo automotivo à fotografia.

Além disso, de acordo com as Estatísticas da União Europeia em Renda e Condições de Vida(EU-SILC):

"Pessoas com deficiências tem as mesmas chances de serem autônomos que as pessoas sem deficiência."

Então, não se limite pensando que, por ter uma deficiência, você precisa restringir seu tipo de negócio e descartar outras ideias. Apesar de algumas deficiências tornarem difíceis a execução de algumas ideias de negócios, na maioria dos casos você pode seguir qualquer ideia de negócio que desejar.

Então, o que é considerada uma boa ideia de negócio? Como você pode refinar essa ideia e transformá-la em um negócio de sucesso? Você pode aprender mais sobre isso nos seguintes tutoriais:

2. Use sua Deficiência em Sua Vantagem

Embora você não tenha que pensar nos termos da sua deficiência, como foi dito por Kirk Keating, algumas vezes isso pode ser uma boa ideia. Afinal de contas, viver com uma deficiência te dá uma experiência de vida que outras pessoas não tem. Muitos empreendedores tem usado isso como vantagem para iniciar negócios de sucesso, usando o conhecimento especial que eles adquiriram.

Por exemplo, Rob Smith, fundador da empresa britânica Active Hands, falou sobre sua deficiência em uma entrevista ao HSBC:

"Isso me dá uma vantagem competitiva, porque eu conheço e tenho contato com nossos clientes ou pessoas como eles. Eu entendo suas necessidades e posso me simpatizar mais facilmente do que uma pessoa sem deficiência. Sem meu acidente, eu provavelmente não teria começado meu próprio negócio."

O acidente de Smith aconteceu quando ela tinha apenas 20 anos. Ele teve uma lesão grave na medula espinhal e paralisia parcial de todos os membros depois de cair de um penhasco. Após o acidente, ele tinha muita dificuldade em pegar e agarrar coisas, o que tornava as tarefas diárias muito mais complicadas.

Então, com a ajuda da sua mãe e de sua máquina de costura, ele começou a produzir um tipo de luva que o ajudava a fechar a mão e pegar objetos.

Quando alguns dos seus companheiros de rugby sobre cadeira de rodas quiseram utilizar a luva também, ele percebeu que tinha uma oportunidade de negócio e fundou a Active Hands, um negócio familiar em ascensão que vende para pessoas de todo mundo.

Active Hands website
Site da Active Hands

Então, pense no que você aprendeu com sua deficiência. As melhores ideias de negócios geralmente vem de frustrações e dores, então tente identificá-las, assim como Rob Smith fez, e trabalhe em soluções que podem ajudar tanto você como outras pessoas.

3. Procure por Investimento

Quando você está começando uma pequena empresa, geralmente o investimento é um grande obstáculo a ser superado. Você precisa investir no negócio, mas como você pode fazer isso se você não tem uma família rica ou uma grande poupança de onde tirar o dinheiro?

Você pode encontrar diversas ideias em nossas séries sobre investimento em negócios, que cobre desde empréstimos para pequenas empresas até crowdfunding e investidores anjo.

E, como uma pessoa com deficiência dona(ou aspirante a dona) de um negócio, você pode ter acesso a diversas outras oportunidades. Muitos países oferecem concessões para pequenas empresas e empréstimos empresariais para pessoas com deficiência, que você pode utilizar começar sua vida nos negócios.

Por exemplo, no Canadá, o Fundo de Oportunidades para Pessoas com Deficiência "ajuda pessoas com deficiência a se preparar, conseguir e manter o trabalho ou trabalho autônomo." Para 2018, as aplicações estão fechadas, mas você pode ficar de olho no site para informações sobre futuras aplicações.

Como este site tem audiência global, não posso detalhar cada um dos países, mas você pode fazer uma busca online ou ligar para o departamento governamental responsável e perguntar sobre as oportunidades onde você mora.

Além disso, não esqueças das organizações sem fins lucrativos, que geralmente tem projetos para ajudar pessoas com deficiência com empréstimos ou concessões de negócios. Por exemplo, no Reino unido, donos de pequenos negócios com deficiências pode se candidatar ao Stelios Award for Disabled Entrepreneurs in the UK, que oferece £10.000 para cada um dos cinco finalistas e £20.000 extras para a melhor ideia de negócio. Esse tipo de investimento pode realmente te ajudar a começar seu negócio ou levá-lo para um próximo nível.

4. Aprenda com os Outros

A expectativa de começar um negócio pode ser bastante assustadora, e muitas pessoas desistem devido a elevada concorrência e a possibilidade de falha.

Mas existem diversos donos de pequenos negócios com deficiência que alcançaram o sucesso,e você pode aprender com eles enquanto começa sua própria jornada empreendedora.

Você poderia começar lendo esta incrível publicação de Jon Morrow: 7 Lições de Vida de um Garoto que Movimenta Apenas o Rosto. Nesse artigo, ele escreve sobre os diversos desafios que ele enfrentou e o que ele aprendeu enquanto superava esses desafios para se tornar um milionário com seus empreendimentos de revistas online.

Sua situação pode ser muito diferente da dele, é claro, e talvez você não use as mesmas estratégias que ele usou. A ideia de ler artigos como esse não é repetir os passos de outra pessoa, mas aprender algumas lições que você pode usar na sua vida enquanto você segue seu próprio caminho.

De quebrar as regras à lidar com a dor, você pode aprender bastante com Jon Morrow. E esse é apenas um artigo de um único empreendedor. Se você procurar por outros exemplos, principalmente na área de seu interesse, você encontrará diversas lições úteis e inspiradoras que te ajudarão a dar o primeiro passo.

5. Trabalhe com Parceiros

Como mencionado no início, existem diversos tipos diferentes de deficiência, então esse item talvez não se aplique a você. Mas alguns problemas de saúde estão associados com alguns tipos de deficiência e isso pode exigir alguns ajustes.

Por exemplo, Clive Collins, um empreendedor britânico que possui uma fazenda de árvores de Natal, disse ao The Guardian que sua paralisia causou infecções urinárias recorrentes, deixando-o estressado enquanto ele tocava seu negócio sozinho. Lidar com problemas de saúde inesperados afetaram o trabalho de Clive, assim como sua relação com clientes. Ele disse que trazer parceiros para compartilhar a carga de trabalho foi "um grande impulso psicológico."

De forma similar, Ben Wolfenden, fundador da empresa de marketing digital Visibilis, tem prosperado desde que conseguiu um sócio e funcionários para ajudar na carga de trabalho. Quando estava sozinho, problemas de saúde causaram alguns contratempos, mas agora ele pode trabalhar de forma flexível, de acordo com as necessidades.

"Se, como um freelancer, você tem que alterar a data de entrega, você sabe que seu cliente pode não voltar. É um fator de peso. Por isso sou bastante grato pelo time que tenho, eles podem assumir o projeto."
Visibilis website
Site da Visibilis

Então, se você precisa desse tipo de flexibilidade, considere trabalhar com sócios, freelancers ou fazer o que for preciso para gerenciar a carga de trabalho que aparece quando você está tocando uma pequena empresa.

6. Aproveite a Tecnologia

Avanços tecnológicos recentes abriram novas avenidas para empreendedores deficientes.Como já falamos, pessoas com deficiência estão fazendo de tudo, desde consertar carros até vender árvores de Natal. Mesmo que você tenha problemas de mobilidade, você pode seguir diversas ideias de negócio - você não precisa se restringir a negócios "home-based."

Mesmo assim, para alguns donos de negócio com deficiência, trabalhar em casa em um negócio online é o ideal. Jane Binnion passou anos entre um trabalho de meio período em um escritório e seu negócio próprio antes de decidir se tornar uma treinadora online de vendas e redes sociais em tempo integral. Ela escreve:

"Apenas trabalhando em casa eu sinto que entendi que é possível criar um equilíbrio saudável na minha vida. Eu superei a necessidade de me incentivar quando os dias são difíceis. Se eu tirar um tempo de descanso, rapidamente eu volto ao trabalho com minha capacidade restaurada."

Então, considere negócios online se eles encaixarem com suas necessidades e ambições. Com as diversas tecnologias assistivas disponíveis hoje, você pode fazer tudo que quiser online. Leia os seguintes tutoriais para ter algumas ideias:

7. Procure Conselhos Financeiros

Nós já falamos sobre o financiamento ao começar uma pequena empresa, mas às vezes outros fatores estão envolvidos. No seu artigo "Lições de Vida", Jon Morrow menciona uma situação delicada: Ele dependia do Medicaid, seguro de saúde público do governo dos Estados Unidos, para pagar cerca de $120.000 por ano em despesas médicas, mas ele perderia o benefício se ganhasse mais de $700 por mês:

"Parecia uma situação desesperadora. Se eu conseguisse um emprego, eu perderia meu plano de saúde. Se eu não conseguisse um emprego, eu seria obrigado a viver na pobreza para sempre."

Ele encontrou um modo criativo de sair dessa armadilha, que você vai descobrir se ler o artigo, mas é algo que muitos empreendedores em potencial deveriam se preocupar. Se você está começando um negócio e possui alguma deficiência, procure por conselhos do que você pode fazer.

As regras variam bastante dependendo do lugar e frequentemente existem equívocos sobre o que é ou não é possível. Procure uma organização - governamental ou sem fins lucrativos - que possa te ajudar. Como Kath Sutherland, oficial de desenvolvimento na Disabled Entrepreneurs Netword (DEN), disse ao The Guardian:

"Existem diversos equívocos, como o que diz que você não pode ter assistência do Access to Work [serviço de suporte e aconselhamento para trabalhadores com deficiência], e você pode, ou o que diz que você não pode ser autônomo se recebe benefícios por invalidez. Na verdade, isso pode ser autorizado como trabalho permitido."

Tenha certeza que você sabe as leis sobre começar um negócio como portador de deficiência no seu país. Programas do governo podem ser bastante burocráticos - e às vezes punitivos, como no caso de Morrow - mas existem muitas soluções disponíveis também.

8. Projete seu Local de Trabalho

Uma das vantagens de ser um empreendedor é que você não precisa depender de um empregador para fazer seu local de trabalho acessível; você mesmo pode fazer os ajustes que precisa.

Por exemplo, Yiota Michaelidou é uma empreendedora cipriota que gerencia um workshop de cozinha e confeitaria chamado Paradosiakes Dimiourgies. Depois do diagnóstico da Doença de Startgardt, que afeta sua visão, Michaelidou continuou trabalhando em empresas de confeitarias mas se sentiu maltratada devido a sua deficiência. Então ela começou seu próprio negócio.

Mchaelidou tinha um workshop especial construído na casa de seus pais, com tudo projetado de acordo com suas necessidades de visão, como números grandes e cores contrastantes no fogão e nas tigelas. Agora, seu negócio está em expansão e ela está trabalhando em um livro de receitas.

Ser um empreendedor te coloca no controle do seu local de trabalho, então descubra o que você precisa e faça as instalações por conta própria. A despesa não precisa ser alta: como vimos nesse artigo do ano passado sobre contratação de pessoas com deficiência, o custo para fazer um local de trabalho acessível é bem mais baixo do que a maioria das pessoas pensa.

9. Receba Treinamentos

Em diversas áreas, você pode aproveitar programas especiais de treinamento para aspirantes a empreendedores com deficiência. No Canadá, por exemplo, o Programa Empreendedores com Deficiência oferece informações de negócio, treinamento e desenvolvimento, mentoria e serviços de aconselhamento individuais. Ele também pode fornecer empréstimos para empreendedores com deficiência.

Projetos similares existem em diversas partes do mundo, como o projeto Chicagoland Entrepreneurship Education for People with Disabilities (CEED), nos Estados Unidos.

Chicagoland Entrepreneurship Education for People with Disabilities CEED project
Projeto Chicagoland Entrepreneurship Education for People with Disabilities (CEED)

Então, procure por algumas oportunidades de treinamento na sua região e escolha as habilidades que você precisa para ter sucesso.

10. Procure por Apoio

Existem diversas organizações ao redor do mundo que oferecem recursos úteis para pessoas com deficiência que tem uma empresa ou querem começar um negócio. Eu já mencionei algumas neste artigo.

Descubra o que está disponível na sua região, e confira as alternativas online também. Aqui está uma lista de alguns bons pontos de partida:

Conclusão

Nesse artigo, nós celebramos o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, discutindo dez modos para pessoas com deficiência se tornarem empreendedoras de sucesso.

International Day of People With Disability poster
Fonte: Site do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência

Nós falamos sobre diversas ideias, incluindo exemplos de donos de negócio com deficiência que alcançaram o sucesso. Você descobriu que existem diferentes manerias para se tornar um empreendedor de sucesso, então tudo resta fazer é escolher seu próprio caminho e começar a segui-lo.

Se você quer aprender mais sobre começar seu próprio negócio, por favor leia nossa imensa biblioteca de artigos sobre empreendedorismo disponível aqui no Envato Tuts+.

Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.